Visão geral


O hexano, cuja estrutura química é CH3 (CH2)4 CH3, é um solvente orgânico feito de petróleo bruto, tendo inúmeras aplicações industriais (#ATSDR - ToxFAQs e #National Center for Environmental Research). Este solvente é um agente neurotóxico e sua exposição pode causar dormência nos pés e nas mãos e, posteriormente, fraqueza ou dormência nos braços e pernas (#ATSDR - ToxFAQs e #OSHA). Essas qualidades anestésicas levaram alguns a abusar de produtos que contêm hexano, incluindo cheirar gasolina e cimento de borracha.

 Fatos


 

 

Características físicas

Nome: Hexano

Estrutura química: CH3 (CH 2)4 CH3

Fórmula química: C6 H14

Sinônimos:

Uso: solvente industrial

Fonte: química sintética

Ingestão diária recomendada: nenhuma

Absorção: inalação

Indivíduos afetados: trabalhadores

Toxicidade/sintomas: anestésico

Fatos gerais: encontrado em gasolina, cimento de borracha

Descrição química


Também conhecido como n-Hexano, é um hidrocarboneto alifático altamente volátil. Ele é um produto comercial e industrial que contém uma mistura de hidrocarbonetos com seis átomos de carbono (daí o prefixo "hex") (#ATSDR - Toxicological Profile).


É um líquido incolor à temperatura ambiente com um ligeiro cheiro de gasolina (#OSHA). É inflamável e pode representar um risco de explosão. Também é altamente reativo com certos materiais, incluindo cloro líquido, oxigênio concentrado e hipoclorito de sódio (#ATSDR - Toxicological Profile).

Produção


O hexano é produzido a partir de petróleo bruto (#ATSDR - Toxicological Profile).

Isômeros

 

  • Hexano, CH3CH2CH2CH2CH2CH3, cadeia reta de 6 átomos de Carbono;
  • 2-Metilpentano (Isohexano), CH3CH(CH3)CH2CH2CH3, uma cadeia de 5 carbonos com um grupo metil no carbono 2;

  • 3-Metilpentano, CH3CH2CH(CH3)CH2CH3, uma cadeia de 5 carbonos com um grupo metil no carbono 3;

  • 2,3-Dimetilbutano, CH3CH(CH3)CH(CH3)CH3, uma cadeia de 4 carbonos com dois grupos metil, um no carbono 2 e outro no 3.

  • 2,2-Dimetilbutano, CH3C(CH3)2CH2CH3, uma cadeia de 4 carbonos com dois grupos metil no carbono 2.



Usos


O hexano puro é usado principalmente em laboratórios, enquanto o hexano misturado com outros solventes similares - Perfis Químicos e Ligações Externas-, é amplamente utilizado. Estes solventes são utilizados para extrair óleos vegetais de culturas como a soja e também é usado como agente de limpeza nas indústrias de impressão, têxtil, mobília e calçado. É usado também nas indústrias de telhados e calçados em colas e pode ser encontrado em inúmeros produtos de consumo, incluindo gasolina, colas de secagem rápida e cimento de borracha (#ATSDR ToxFAQs).

Efeitos na saúde


O hexano é um agente neurotóxico e é também usado frequentemente como narcótico. Quase todos os afetados por ele são trabalhadores (#ATSDR ToxFAQs).


Exposição aguda

A exposição aguda ao hexano leva a dormência nas extremidades, tonturas, confusão, náuseas, cefaleias e irritação dos olhos, nariz, garganta e pele (#OSHA e #ATSDR ToxFAQs).


Exposição crônica

A exposição repetida ao hexano pode ter efeitos adversos para a saúde a longo prazo, incluindo diminuição da condução nervosa motora, alterações na visão e fraqueza muscular. A exposição crônica é uma preocupação apenas se você lida constantemente com hexano ou solventes que o contenham.

Efeitos ambientais


O hexano entra no meio ambiente tanto em sua produção como em seu uso e muito disso é liberado. Em 1996, um total de 32 062 603 kg de hexano entrou no ambiente e esta substância foi encontrada em pelo menos 60 dos 1.467 sítios da Lista de Prioridades Nacionais identificados pela Agência de Proteção Ambiental (EPA) (#OSHA, #ATSDR - ToxFAQs, E #ATSDR - Perfil Toxicológico).


O hexano evapora facilmente em terra e não adere bem ao solo (#ATSDR ToxFAQs e {INCHEM]). Informações sobre o efeito do hexano sobre os ecossistemas aquáticos não são bem conhecidas (#INCHEM).

Precauções


Os trabalhadores devem manipular o hexano com roupas de proteção e em áreas ventiladas. Os pais precisam manter os produtos contendo a substância, especialmente colas de secagem rápida, longe das crianças.

Regulamentação e limites de exposição


Regulamentos da EPA:

A EPA, a Organização Mundial de Saúde (OMS) e a Agência Internacional de Pesquisa sobre o Câncer (IARC) não classificam o hexano como um possível carcinogênico (#ATSDR - Toxicological Profile). Essa regulamentação exige que apenas derramamentos de hexano de mais de 2267 kg precisam ser relatados para a EPA.

O hexano é designado como "poluente atmosférico perigoso" pela EPA sob a Lei de Ar Limpo (#ATSDR - Toxicological Profile).


Limite OSHA:

A Administração De Saúde e Segurança Ocupacional (OSHA) estabeleceu o limite de exposição admissível (PEL) para n-hexano de 500 ppm (1800 miligramas por metro cúbico (mg/m³) como uma concentração média ponderada no tempo de 8 horas (TWA).


Limite NIOSH:

O Instituto Nacional de Segurança e Saúde Ocupacional (NIOSH) estabeleceu um limite de exposição recomendado (REL) para o n-hexano de 50 ppm (180 mg/m³) como uma concentração média ponderada para até 10 horas de trabalho e uma semana de trabalho de 40 horas (#OSHA).


Limite no Brasil:

Valor limite (Brasil, Portaria Mtb 3214/78, NR 15 – Anexo 13ª): Benzeno: limite de tolerância – média ponderada (8h/dia) = 3,19mg/m3 (1ppm) (HIGIENE OCUPACIONAL).

Legislação no Brasil


Em várias cidades, há uma legislação própria que só permite a venda de produtos contendo hexano para pessoas autorizadas. Exemplo: Lei 1868/91 | Lei nº 1868, de 09 de outubro de 1991, Art. 1º - Fica proibida a venda de substância química composta de TOLUENO, N+HEXANO E CETONAS (cola de sapateiro) em todos os estabelecimentos comerciais no Estado do Rio de Janeiro às pessoas que não apresentem os componentes cartões de C.G.C., bem como declarações de sua destinação (JUSBRASIL).

Links externos


MSDS on Hexane

Referências


ATSDR. "TOX-Faqs for n -Hexane". Last Updated 02/07/2007. Accessed 9-4-07.

ATSDR. "Toxicological Profile for n -Hexane". June 1999. Accessed 9-4-07.

Anuradee Witthayapanyanon and Linh Do. Environmental Protection Agency's National Center for Environmental Research. "Presentation Abstract: Nanostructured Microemulsions as Alternative Solvents to VOCs in Cleaning Technologies and Vegetable Oil Extraction". Accessed 9-4-07.

International Programme on Chemical Safety (INCHEM). "ENVIRONMENTAL HEALTH CRITERIA 122 - nHexane". 1991. Accessed 9-4-07.

Occupational Safety and Health Administration. "Occupational Safety and Health Guideline for n-Hexane". Accessed 9-4-07.

HIGIENE OCUPACIONAL acessado em 04/06/2017

JUSBRASIL acessado 04/06/2017

-

Tradução realizada por: Natália Almeida

-

Link para a página em inglês: Hexane

 

  • No labels